Separamos quais as expressões mais usadas no universo dos leilões e explicamos o significado de cada uma

Começar no mundo dos leilões pode parecer uma tarefa difícil, mas, no nosso blog, postamos conteúdos semanalmente que podem te ajudar a entender esse universo que é cheio de vantagens, tanto na venda, quanto na compra de um bem. Neste post, selecionamos as sete expressões mais utilizadas em leilão e explicamos o que elas significam.

Acesse nosso Kit – Tudo o que você precisa saber para participar de um leilão!

Praças: o leilão judicial pode ter duas praças. A primeira é aquela em que o bem é levado à leilão pelo valor de avaliação e, na segunda, o bem sofre um deságio (desconto) que pode chegar a 50% do seu valor de avaliação.

Incremento: é o valor mínimo adicional para um novo lance, ou seja, para que a disputa não gire em torno dos centavos é estipulado um valor mínimo de incremento que deve ser respeito pelo sistema ou leiloeiro no momento do apregoamento. Nesse post, explicamos tudo sobre os lances.

Valor de avaliação: é o valor estipulado por um perito ou oficial de justiça designado pelo Juiz do processo para determinar o preço mínimo de venda de um bem em leilão.

Lance inicial: é o valor mínimo que o sistema aceita para o primeiro lance.

Lance condicional: é o lance que é encaminhado para a gestora após o término negativo de um leilão e, geralmente, tem o valor menor que o lance inicial estipulado pelo juiz, comitente ou leiloeiro e pode também conter algum pedido de parcelamento que não estava previsto no edital. Esse tipo de lance também é conhecido como “proposta” e é encaminhado ao vendedor do bem ou juiz responsável pelo processo que deu origem ao leilão para aprovação ou não.

Regra dos três minutos: no leilão online, há uma data e um horário pré-estabelecido para o encerramento de um leilão e é possível acompanhar a disputa de lances em tempo real pela tela do computador, contudo, para que o leilão seja considerado encerrado, é necessário que aquele lote passe três minutos sem receber nenhum lance e o leilão ganhe o status de “fechado”. Em um leilão presencial, esses “três minutos” seriam o famoso “dou-lhe uma, dou-lhe duas, dou-lhe…” do leiloeiro. Vale ressaltar que esse tempo é determinado para que as empresas sigam e tornem a disputa idônea.

Comitente: é o vendedor, pessoa física ou jurídica, que disponibiliza seus bens para venda. Esse vendedor pode ser definido também como: varejistas, construtoras, bancos, indústrias, transportadoras e empresas em geral.

A LUT Leilões foi pioneira na habilitação de leilões judiciais no Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP), tem cases de sucesso em vendas para marcas como: Correios, Água de Cheiro, Boi Gordo, BHM, Marisa, Votorantim, IBAF, entre outros. A empresa possui diversos canais de atendimento e divulgação que estão constantemente abertos e revisados para que você possa solucionar todas as suas dúvidas e ter a melhor experiência em leilão.  

Confira as oportunidades da Lut Gestora de Leilões.