Os 5 principais itens que você deve prestar atenção ao comprar um imóvel em leilão

0
Os 5 principais itens que você deve prestar atenção ao comprar um imóvel em leilão

Comprar um imóvel em leilão tem diversas vantagens, sendo o preço a principal: alguns imóveis podem ser adquiridos por valores 50% mais baixos, no comparativo com os valores de mercado. É importante, no entanto, prestar atenção em algumas questões antes do arremate e, neste post, nós vamos falar sobre as 5 principais.

  1. Leia o edital

O edital do leilão é um documento público, onde você vai encontrar todas as informações sobre o leilão que você tem interesse de participar, como:

  • as regras e data;
  • valor mínimo de venda do bem (imóvel, carros, roupas, eletrônicos, etc.);
  • estado do bem;
  • condições de pagamento;
  • documentação necessária
  • e mais!

 Os editais também devem informar se há dívidas ou pendências. Ou seja, ao ler o edital, você fica informado sobre todas as condições do leilão e tem subsídios para avaliar se essas condições estão de acordo com o que você procura.

  1. Conheça o imóvel

As empresas gestoras de leilões possuem uma estrutura digital de sites com fotos e todas as informações sobre os imóveis em leilão. Você também pode pedir dados adicionais para a leiloeira e ainda visitar o imóvel.  

Como realizar essa visita? Nos leilões extrajudiciais, sempre é possível visitar o imóvel. É só demonstrar o interesse para a empresa gestora do leilão, que irá agendar a visita na melhor data para você. Já nos leilões judiciais, em alguns casos, é necessária a solicitação, via petição judicial, para que a visita seja marcada. Essa petição é feita pela própria empresa gestora do leilão.

Acesse o nosso Kit – Tudo sobre leilão de imóveis!

  1. Estenda seus levantamentos

Além das informações disponibilizadas pelo próprio edital, não tenha receio de procurar novas informações. Cheque cartórios, órgãos públicos e qualquer outro ponto de informação que possa te deixar informado e confortável quanto ao negócio que você estará realizando.

  1. Faça cálculos

Lembre-se que arrematar um imóvel em leilão não implica apenas nos custos do lance oferecido. Quem arrematar o bem terá custos administrativos:

  • comissionamento do leiloeiro;
  • regularização do imóvel;
  • taxas de cartório;
  • registro imobiliário.

Tenha tudo plenamente calculado para que a sua compra seja realmente bem feita e dentro do seu orçamento.

  1. Procure empresas especializadas

Hoje, há uma série de portais e sites de gestoras de leilão no mercado. Faça uma busca minuciosa, converse com seus amigos, procure indicações, veja com atenção as informações dos portais e tenha a certeza de que optou pela melhor empresa do mercado  e cheque se ela está devidamente registrada nos órgãos públicos. 

A Lut Gestora de Leilões foi pioneira na habilitação de leilões judiciais no Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP), e gere diversos leilões de bens móveis e imóveis. No nosso ebook explicamos como participar de um leilão de imóveis, mostrando o passo a passo. A Lut também possui diversos canais de atendimento e divulgação que estão constantemente abertos e revisados para que você possa esclarecer todas as suas dúvidas e ter a melhor experiência em leilão.