Já Pensou em Ser Leiloeiro? Saiba Como Aderir à Profissão!

0
Já Pensou em Ser Leiloeiro? Saiba Como Aderir à Profissão!

Saiba que trabalhar com leilões pode fazer seus olhos brilharem

Quase todo mundo cresce com uma pressão muito grande para a escolha de uma profissão. Alguns são fortemente influenciados por negócios de família, como comércios, indústrias ou empresas prestadoras de serviço, e espera-se que eles continuem o ciclo.

Existem também aquelas pessoas que crescem com uma expectativa bem grande sobre os seus ombros, que é seguir na profissão que os pais, avós ou tios sempre sonharam para eles, seja um advogado, arquiteto, médico, professor, cientista ou qualquer outra.

Enfim, as situações são variadas, mas possuem muito em comum: a pressão em seguir determinada carreira, que em boa parte das vezes não é aquilo o que a pessoa quer. É até um pouco óbvio, mas é bom dizer: cada um deve escolher a profissão que quer exercer!

Se você está sob essa pressão familiar, de amigos ou simplesmente não sabe em que quer atuar, a profissão de leiloeiro pode ser aquilo que você sempre buscou, mas que ainda não conhece ou não sabe exatamente como funciona.

Se você se encontra nessa situação, então está no lugar certo! Conheça mais sobre essa profissão tão atraente e interessante, que é a de trabalhar com leilões.

O Que um Leiloeiro Faz?

O nome já deixa bem claro que esse profissional trabalha com leilões, mas ainda pode ficar a dúvida de qual é a sua real atuação na área. Por isso, o melhor a se fazer é conferir o máximo possível de informações sobre o assunto.

O leiloeiro é um profissional cuja atuação se dará na mediação da venda de bens móveis e imóveis para todos os interessados, sejam estes pessoas físicas ou empresas. Logo, ele será o responsável pela realização do leilão e pelo oferecimento dos bens e produtos.

Aderir a profissão

Essa função é aquela que é vista em séries e filmes, do profissional que gera interesse no público em dar os maiores lances no que estiver sendo oferecido e que diz a famosa frase: “dou-lhe uma, dou-lhe duas, dou-lhe três, vendido!”.

A importância da atuação de um leiloeiro é muito grande para o cliente que o contratar, já que a sua inteligência e perspicácia podem aflorar no público o desejo de adquirir o que estiver sendo oferecido e dar lances mais altos. Assim, o dono dos bens lucrará mais. Veja como comprar um carro no leilão!

Quem Pode Trabalhar Com Leilões?

Existem algumas exigências legais para as pessoas que queiram trabalhar como leiloeiros. Elas são as seguintes:

  • Ter pelo menos 25 anos de idade;
  • Ser um cidadão brasileiro;
  • Não ter faltado com o cumprimento de nenhum direito civil ou político;
  • Caso tenha decretado falência ou sido condenado por algum crime de ordem falimentar, estar plenamente reabilitado;
  • Não estar sob a condenação de nenhum crime que impossibilite a execução de trabalhos de ordem comercial;
  • Não fazer parte de qualquer tipo de sociedade;
  • Não atuar como comerciante, seja no próprio nome ou no de outrem;
  • Não ter sofrido alguma punição que impossibilite trabalhar como leiloeiro;
  • Residir a pelo menos 5 anos no estado que se pretende trabalhar;
  • Não ser matriculado na profissão de leiloeiro em outro estado;
  • Ser civil e criminalmente idôneo, mediante a apresentação da identidade e das certidões negativas solicitadas.

Além de tais exigências, também é recomendável que o candidato seja uma pessoa eloquente, que saiba falar bem, tenha raciocínio rápido e consiga incitar o público a participar dos leilões e dar lances maiores.

Não é obrigatório que o profissional seja formado em algum curso de graduação, mas também não há nenhum impeditivo para que tais pessoas atuem na profissão. Quem atuar nas áreas de marketing e comunicação pode ter chances ainda melhores.

Aderir a profissão de leiloeira

Isto observado, para começar a trabalhar como um leiloeiro oficial, o interessado deve ser registrado na Junta Comercial de seu estado. Assim, ele poderá trabalhar legalmente na profissão. Confira como funciona um leilão.

Quanto à sua atuação, ela pode ser feita tanto em leilões judiciais quanto extrajudiciais, de acordo com as oportunidades que ele receber.

Antes de correr atrás de toda a papelada necessária, uma boa sugestão é participar de leilões na cidade ou nos arredores de onde os interessados residem. Assim, eles poderão perceber a atmosfera desses eventos e definir se aquilo é realmente o que eles querem.

Quanto Ganham os Leiloeiros?

É claro que escolher uma profissão apenas para ganhar dinheiro não é muito recomendável, já que é essencial que o profissional goste daquilo que faz, o que tornará seu cotidiano muito mais agradável. Porém, saber quanto esses profissionais ganham é uma dúvida constante.

O valor ganho pelo leiloeiro depende de cada leilão. Caso seja firmado um contrato entre as partes, os valores ali presentes serão a remuneração recebida pelo trabalho prestado pelo profissional.

Caso não haja nenhum contrato ou nele não conste nenhum valor, segue-se o que está determinado na lei: 5% sobre o valor de bens móveis, jóias, relógios e demais mercadorias e 3% sobre qualquer imóvel.

Logo, por exemplo, um leilão que tenha levantado R$ 200.000 na venda de relógios e jóias poderá render R$ 10.000 ao leiloeiro, ao passo que a venda de um imóvel de R$ 500.000 poderá fazer com que o profissional ganhe R$ 15.000. A alta remuneração é um dos motivos que mais chamam a atenção na profissão. 

Leiloeiro: A Profissão Com a Qual Você Sempre Sonhou!

Esses profissionais são muito importantes para que qualquer leilão corra da melhor maneira possível. Além de ser uma profissão empolgante e emocionante, é possível ganhar bastante dinheiro e participar de eventos dinâmicos e bastante interessantes. Veja o que é um leilão e todas as suas vantagens!

Se isso lhe chamou a atenção e despertou o interesse que você sempre quis sentir, então não perca mais tempo: atue como leiloeiro e seja um profissional responsável, respeitado e bem remunerado no mercado!