Leiloar um imóvel ou vendê-lo pelos trâmites comuns?

0
Leiloar um imóvel ou vendê-lo pelos trâmites comuns?

Colocar um bem à venda requer cuidados, dedicação, conhecimento e tempo. Principalmente quando está em jogo altos valores, como é o caso de um imóvel, por exemplo.

Proprietários que resolvem cuidar de todos os procedimentos sozinhos precisam saber como se processam os trâmites ou pesquisar muito para não incorrer em erros. Além de ter tempo para organizar as visitas ao imóvel. Avalie se você terá tempo para receber os interessados e lhes mostrar a propriedade.

Neste post mostramos a você uma alternativa para vender seu imóvel com tranquilidade. Veja por que colocar o seu bem em leilão vale o seu descanso!

Documentação do imóvel

Antes de qualquer ação, para que o negócio seja realizado com segurança e transparência, seu imóvel deve ter a documentação regularizada. Esse procedimento é necessário para leiloar, vender em imobiliária ou sem intermediação. Agora vamos às vantagens:

– Previsibilidade de venda: os leilões têm datas pré-definidas para acontecer. Passada a data marcada, o vendedor já sabe se o produto em leilão foi arrematado ou não. Em caso negativo, uma nova data é marcada e o vendedor ganha previsibilidade de venda novamente. Em leilões de bens imóveis ter uma previsão de venda é uma vantagem e tanto, pois, ao colocar um imóvel à venda em uma imobiliária, por exemplo, o proprietário não sabe quando acontecerá a venda efetivamente. O prazo pode levar poucos dias ou até anos.

– Pagamento: na maioria dos casos, o pagamento precisa ser efetuado poucos dias após o término do leilão, isto é, o pagamento é praticamente à vista. Isso significa garantia de liquidação integral e rápida.

– Redução de custos: se o seu imóvel não está em uso, você eliminará custos com manutenção, pagamento de taxa mínima de água e luz, IPTU etc.

Qualquer proprietário está apto a vender seu imóvel em leilão?

Qualquer pessoa física ou de representação jurídica com mais de 18 anos pode vender em um leilão.

Como vender imóvel em leilão?

Para colocar um bem em leilão, o interessado deve comprovar que é o proprietário por meio de algum documento oficial – recibo de compra, matrícula que contenha o nome do interessado como proprietário atual, entre outros. Depois de comprovada a posse do imóvel, basta o vendedor entrar em contato com a Lut Gestora de Leilões e verificar os procedimentos internos e possíveis valores que serão cobrados para colocar o leilão no ar.

Acesse o nosso Kit – Tudo o que você precisa saber para participar de um leilão!

Conclusão

Vender o seu imóvel em leilão tem muitas outras vantagens que não foram citadas neste post. A segurança de ter uma empresa que gere toda a venda é importante para que a negociação aconteça dentro da legalidade.

O pagamento é praticamente imediato e você terá a garantia de ter toda a assessoria necessária para comercializar o seu imóvel.

Conheça os canais de atendimento da  Lut Gestora de Leilões e saiba mais sobre essa opção de negócio, aproveite ainda para conhecer os lotes em leilão.