Tiramos suas dúvidas sobre seguros para carros adquiridos em leilão

De acordo com pesquisa realizada em 2016, pela Officina Sophia Retail, 41% dos entrevistados tem como prioridade comprar um carro. Ao todo, foram entrevistadas mil pessoas com mais de 18 anos, pela internet, e as respostas eram espontâneas, ou seja, não havia alternativas pré-definidas. A pesquisa comprovou que o carro está no topo da lista de desejos dos brasileiros.

Entre todas as opções para a aquisição de um automóvel, o leilão é uma delas. No nosso blog, já explicamos como comprar um carro por leilão e quais as suas vantagens. Porém, não basta apenas comprar um carro, fazer o seguro também é muito importante para proteger você e esse patrimônio de diversos riscos. Neste post, vamos esclarecer todas as dúvidas sobre seguros de carros comprados em leilão.

De onde vêm os carros de leilões?

BANCOS: se uma pessoa financia um automóvel e não consegue pagar as parcelas do financiamento, ou seja, se torna inadimplente, os bancos podem tomar o veículo do comprador e colocar em leilão para ressarcimento.

EMPRESAS DE SEGUROS: são carros com sinistro, que sofreram algum acidente que causou perda total ou, ainda, veículos de roubo ou furto. Existem três tipos de sinistro: de pequeno, médio e grande porte, a depender da magnitude do acidente.

PESSOA JURÍDICA: empresas que querem trocar sua frota de veículos, por exemplo, podem colocar os carros antigos em leilão.

PESSOA FÍSICA:  qualquer pessoa pode colocar seu carro em leilão.

Acesse nosso Kit – Leilão de carros e caminhões!

Posso fazer seguro de um carro comprado em leilão?

Sim, é possível. A avaliação para fazer o seguro de um carro segue o padrão normal, em que as asseguradoras fazem um levantamento completo do perfil do proprietário e condutores do veículo, pedindo informações como idade, gênero, tempo de habilitação, número de condutores, além de solicitar dados do carro, como ano modelo, entre outros.

Além disso, a asseguradora também realiza a vistoria de todos os carros para calcular o seguro. Essa inspeção analisa todos os detalhes do automóvel, como pneu, chassi, lataria, acessórios, motor, entre outros itens. No caso de veículos adquiridos em leilão, o processo é o mesmo.

É muito importante destacar que a empresa de seguros não pode recusar o seguro para um carro pelo simples fato dele ter sido comprado em leilão. O veículo, como dito acima, deve passar pelo mesmo processo de vistoria de qualquer outro automóvel. Essa garantia de igualdade está prevista no Código do Consumidor e, em caso de recusa do seguro, a asseguradora deve apresentar justificativas plausíveis para tal e ela também não pode cobrar valores irregulares ou abusivos de seguros para carros adquiridos em leilão.           

Para saber se o seu perfil e carro serão aceitos pela asseguradora, você pode solicitar algumas simulações e cotações de diversas empresas de seguro.

A Lut Leilões foi pioneira na habilitação de leilões judiciais no Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) e gere leilões de carros, motos, imóveis, roupas, máquinas, entre outros. Ao se cadastrar no site da Lut, você recebe todas as novidades sobre os principais leilões.

Confira as oportunidades da Lut Gestora de Leilões.