Como escolher uma empresa para realizar os leilões judiciais?

0
Como escolher uma empresa para realizar os leilões judiciais?

Dicas preciosas que vão te ajudar na decisão de escolher um gestor de leilões

Introdução

Encontrar a melhor empresa para realizar leilões de processos judiciais pode parecer uma tarefa difícil, mas, este post pode facilitar essa missão. Para te ajudar na escolha da leiloeira que melhor se encaixa aos seus objetivos, separamos algumas dicas importantes, levando em conta tudo o que uma organização deve ter.

O que são leilões judiciais? 

São leilões provenientes de processos judiciais, ou seja, alguém tem uma dívida e, para quitá-la, o bem que está em seu nome vai a leilão. Geralmente, possuem um edital, assinado pelo juiz do processo.

Como participar de leilões judiciais?

Para participar, é só ter mais de 18 anos, e ter lido as condições de venda e pagamento ou o edital do leilão que deseja participar. Depois, é necessário se cadastrar no site da empresa que está conduzindo o leilão do bem do seu interesse e se habilitar para dar seus lances.

O que uma empresa que trabalha com leilões judiciais deve ter?

Ela deve ser habilitada junto ao tribunal de justiça do seu Estado, que definirá os requisitos mínimos para ter o direito de apregoar. Tais como: comprovações referentes a idoneidade da empresa, do leiloeiro, da plataforma digital que conduzirá o leilão e todos os demais pontos de informação que interessem diretamente ao mercado, sempre disponíveis para quem for checar a empresa.

5 pontos fundamentais de uma empresa de leilões que devem ser levados em consideração pelo cliente:

  • Transparência com quem arremata e nas informações disponibilizadas no site;
  • Competência para gerir um leilão, ou seja, se está habilitada no Tribunal de Justiça do Estado em que se encontra o processo
  • Confiança – verificar o que falam dessa empresa;
  • Tempo de mercado;
  • Plataforma digital intuitiva e de fácil navegação.

 Diferenciais na execução de leilões judiciais

 Além de transparência nas informações e idoneidade, uma boa empresa de leilão precisa ter a iniciativa de orientar os seus clientes, apontando se determinado bem é ou não o que ele realmente procura. Ela não pode querer realizar apenas a venda. Como qualquer outro negócio no mercado, ela precisa ter diferenciais de comportamento e relacionamento que conquistem o cliente.

É importante ressaltar que uma empresa leiloeira não  tem gerência ou responsabilidade sobre a escolha ou o estado do bem que chega ao leilão e também não é proprietária do bem judicial, por isso, o cliente deve avaliar o quanto essa empresa está sendo transparente sobre o estado e as condições do bem leiloado. Quanto mais informações e canais de atendimento a empresa disponibilizar, mais estruturada e profissional ela é.

A LUT Leilões foi pioneira na habilitação de leilões judiciais no Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP), tem cases de sucesso em vendas para marcas como Correios, Água de Cheiro, Boi Gordo, BHM, Marisa, Votorantim, IBAF, entre outros. Seus canais de atendimento e divulgação estão constantemente abertos e revisados para que o seu cliente tenha o máximo de informações sobre os bens leiloados. Ações que são essenciais para quem quer escolher uma empresa de referência nesse mercado.