Quem possui uma boa quantia em dinheiro sabe da importância do conhecimento em investimentos, principalmente com o propósito de render mais aquele valor que se tem em mãos. São muitas as oportunidades disponíveis, porém uma dúvida comum é sobre investir em ações ou imóveis em leilões.

No material abaixo, explicamos sobre as duas alternativas, oferecendo uma base sólida do assunto.

Experiência e Conhecimento

Investir no mercado de ações é uma opção tomada por empresários e empreendedores de todo o mundo, mas ela demanda conhecimento de como a máquina funciona. Em apenas alguns minutos, o valor de uma ação pode decolar, assim como ele também pode despencar.

Por isso, o mais recomendável é contar com um auxílio especializado. Geralmente de uma empresa que já atue no ramo e tenha o conhecimento necessário para auxiliar o investidor na sua tomada de decisão.

Já os leilões, são mais práticos, onde todas as pessoas interessadas podem facilmente acessar um site de leilões e ver todas as opções disponíveis. Basta percorrer o catálogo disponível, com imóveis de diferentes características e localidades, e escolher o que mais agradar.

O funcionamento dos leilões não é nada complicado, em resumo, quando o prazo encerrar, quem tiver dado o maior lance leva.

Rentabilidade

Ninguém duvida que as ações sejam bastante rentáveis. Afinal de contas, é possível fazer o dinheiro lucrar muito se o investidor tiver escolhido as ações certas, desde que ele venda essas ações no prazo determinado. Caso ele demore muito, pode ser que o valor caia outra vez.

A aquisição de lotes em um site de leilões também apresenta uma rentabilidade impressionante: muitos podem sair até pela metade do preço, sejam estes móveis ou imóveis. Porém, não existe preocupação tão grande de tomar a decisão no momento certo: basta ficar de olho no relógio e nos lances.

Acesse nosso e-book: As vantagens de comprar um imóvel em leilão

Riscos no mercado de ações

Apostar no mercado de ações é algo reconhecidamente arriscado. Ao mesmo tempo em que o valor de uma ação pode dobrar, também pode cair pela metade, entre muitas outras variações que podem acontecer e que dependem de uma série de fatores de ordem mundial em relação à economia e à política.

Por isso, quem investe em ações sem saber muito bem o que faz e sem ter um panorama global pode enfrentar um prejuízo considerável.

Já quando se trata dos leilões, como os que são feitos em um site de leilões, o que pode acontecer é ter o valor da oferta superado por outra pessoa e a contagem chegar ao final, por exemplo. Nesse caso, porém, não é preciso pagar nada, o que elimina a chance de riscos.

Variáveis sobre o leilão

Pode ser que, devido a alguma decisão judicial ocorra o cancelamento do leilão, mas, nesta situação, o valor integral do que foi pago será restituído ao arrematante.

Referente a comissão do leiloeiro, caso a arrematação seja desfeita sem que haja culpa do arrematante (fatos alheios a sua vontade), então a comissão também lhe será devolvida, com base na decisão do juiz.

Leilão: é a opção simples e segura

Tanto o investimento em ações quanto os leilões podem ser bastante lucrativos. Porém, a segurança proporcionada pelos leilões é bem maior, já que os riscos são praticamente inexistentes.

Além disso, quase todas as pessoas podem participar dos leilões, salvo menores de idade e pessoas que tenham relação direta com o caso, seja por parte do juiz e dos participantes do julgamento ou mesmo dos bens leiloados.

Por isso, se você deseja investir seu dinheiro com menores riscos e com a chance real de obter lucros bem altos, opte por um site de leilões. Assim, você poderá fazer tudo do conforto da sua casa e investir em um mercado seguro, que não demanda nenhum tipo de conhecimento específico. Veja as dicas para participar de leilões.

Confira as oportunidades da Lut Gestora de Leilões.